Por que não existe IPhone 9?

Por que não existe Iphone 9? A história do iPhone da Apple e os eventos em torno do lançamento do iPhone X em 2017 ajudam a explicar por que um iPhone 9 nunca foi feito.

Depois do iPhone 8 e 8-Plus, a Apple pulou o número nove e foi direto para o dez. Além disso, um algarismo romano foi usado ao nomear o iPhone X, que a Apple pronuncia como dez. Isso levanta a questão de saber se um iPhone 9 já existiu e, em caso afirmativo, o que aconteceu com ele. Um mergulho profundo na história e na nomenclatura do iPhone da Apple ajuda a explicar esse mistério.

A Apple fabrica o iPhone desde 2007. Ele usava 2G, que era o padrão de rede sem fio na época. O segundo modelo mudou para os dados 3G mais rápidos em 2008 e adicionou isso ao nome. Em seguida, veio o iPhone 3GS, iniciando o que se tornaria um padrão de pequenas atualizações adicionando um ‘S’ ao nome. O iPhone 4, 5 e 6 tinham versões ‘S’. O 6 e 6S foram oferecidos em um modelo Plus padrão e maior. O 7 continuou com a convenção Plus, mas, em vez de um iPhone 7S, a Apple mudou-se diretamente para o iPhone 8 e 8 Plus.

O iPhone 9 não existe e o motivo nunca foi explicado pela Apple, mas olhar a história do iPhone e o que estava acontecendo na indústria de smartphones em 2017 pode ajudar a explicar a decisão. Ao todo, foram vinte e quatro modelos ao longo de 13 anos, dando ampla oportunidade para que esse número apareça.

Isso, é claro, era esperado após o iPhone 8, mas quando o iPhone 8 e 8 Plus foram anunciados em 2017, o iPhone X foi lançado junto com eles. No ano seguinte, viu o iPhone XR, XS e XS Max, uma convenção de nomenclatura inteiramente nova. Em 2019, o iPhone 11, Pro e Pro Max foram anunciados, eliminando as chances de um dia ver um iPhone 9.

Por que a Apple pulou o IPhone 9

Em 2017, engastes mais finos começaram a crescer em popularidade e a Apple precisava oferecer uma solução ou seria vista como ficando para trás. No entanto, o iPhone 8 e o 8 Plus ofereceram apenas um salto nas especificações, nada muito empolgante. O botão home ainda estava presente, exigindo que a moldura inferior fosse bem grande. Em 2017, já fazia dez anos desde o anúncio do primeiro iPhone e a Apple teria querido fazer algo especial para o décimo aniversário. A combinação de engastes mais finos e a ocasião especial tornou o momento certo para o iPhone X, o primeiro modelo “totalmente em tela” da Apple. Tendo avançado para dez ou ‘X’ para um efeito dramático, não fazia sentido fazer backup da contagem de nomenclatura para um iPhone 9.

É importante notar que essa prática de quebrar o sistema de nomenclatura numérica e reinventar nomes de produtos não é exclusiva da Apple. A Microsoft avançou do Windows 8.1 para o Windows 10 em 2015, pulando nove, assim como a Apple fez alguns anos depois, para significar uma mudança maior do que uma única geração. A Samsung pulou nove de uma maneira diferente, e isso não é uma referência ao Galaxy Note 9. Em vez disso, o Galaxy S11 foi seguido pelo Galaxy S20. Embora nunca possamos ouvir uma razão oficial para pular o iPhone 9, não é uma grande surpresa, dada a necessidade de uma grande mudança tanto no design quanto na comemoração do décimo aniversário.