Como os gatos ronronam?

Os biólogos costumavam pensar que os ronronados eram o som do sangue fluindo pela veia cava inferior dos gatos, a grande veia que transporta o sangue da metade inferior do corpo para o coração. Mas, como os gatos ronronam?

Veja também:

10 benefícios científicos de ser tutor de um gato

Continue com:  Como os gatos ronronam?

Pesquisas mais recentes sugerem que o som é, na verdade, produzido pelos músculos da laringe, responsáveis ​​por movimentar as cordas vocais e abrir e fechar a glote (espaço entre as cordas).

Sinalizado por um “oscilador neural” no cérebro do gato, os músculos se contraem ritmicamente e abrem e fecham rapidamente a glote.

Conforme o gato inspira e expira, o ar atinge os músculos vibrantes e a glote, produzindo rajadas de ruído 25 vezes por segundo, o que nos dá o som familiar de ronronar.

O sinal do sistema nervoso central que coloca tudo em movimento não parece ser controlado pelo gato, fazendo um ronronar mais uma contração muscular do que uma vocalização consciente.

E o osso hióide?

O mecanismo de ronronar parece bastante simples, por isso é intrigante que nem todos os gatos consigam fazer esse som.

Os cientistas costumavam pensar que apenas gatos domésticos podiam ronronar, mas aos poucos descobriram que outros membros da subfamília Felinae, como linces, chitas, linces, pumas e outros, também podiam fazer isso.

Seus primos na subfamília Pantherinae, como leões, leopardos, onças e tigres, por sua vez, não parecem ser capazes de ronronar.

O osso hióide, que fica na garganta e fornece suporte para a língua e a laringe, pode fazer a diferença.

Enquanto os gatos que ronronam tendem a ter ossos hioides rígidos, os gatos maiores têm hioides mais flexíveis e menos ósseos que os deixam rugir, mas podem impedir que ronronem.

Pode ser mais complicado do que isso.

As almofadas extras de tecido que dão um pouco de vigor aos rugidos dos felinos podem dificultar ou impossibilitar o ronronar deles.

Alguns podem ter a capacidade de ronronar, mas simplesmente não o fazem ou nunca foram ouvidos fazendo isso.

Alguns felinos grandes até mesmo ronronam, mas apenas ao expirar, enquanto os gatos menores podem ronronar durante todo o ciclo respiratório. Esses sons de ronronar ainda precisam ser analisados ​​acusticamente para ver se são verdadeiros ronronados ou não.