Os destros são menos criativos, segundo a ciência

O estigma para canhotos já percorreu um longo caminho nas últimas décadas. A maioria das pessoas não assume mais que canhotos são ferramentas de Satanás, acesas com o fogo do inferno. Mas não se abale, os destros são menos criativos, segundo a ciência!

Os destros são menos criativos, segundo a ciência

@KUZMA/ISTOCK

Os canhotos de hoje estão cercados por um brilho muito mais benevolente. Associamos canhotos com inteligência, pensamento inovador e talento artístico. Mas essas generalizações lisonjeiras são apoiadas pela ciência? Ser canhoto realmente o torna mais criativo?

A resposta para isso é definitivamente… talvez.

Há muito tempo, os cientistas vêm descobrindo as peculiaridades do canhoto, que ocorre em cerca de 10% da população. Eles investigaram as supostas ligações entre canhotos e coisas como doenças mentais, sistemas imunológicos defeituosos e comportamento criminoso.

Eles estudaram se os canhotos são melhores na resolução de problemas e se eles têm maior probabilidade de morrer jovens. De todos esses estudos sobre canhotos, podemos concluir uma coisa, e apenas uma: a ciência é complicada.

 

Veja também:

25 fatos fascinantes sobre o corpo humano

Continue com: Os destros são menos criativos, segundo a ciência

 

Alguns estudos descobriram uma ligação entre canhotos e criatividade, conferida (alguns pensam) pelo fato de que os canhotos constantemente têm que se ajustar a um mundo destro. Outros estudos não encontraram nenhuma ligação.

Alguns pesquisadores concluem que os canhotos não são mais espertos do que os destros, enquanto outros dizem que o canhoto tem uma clara vantagem intelectual. Existe realmente uma personalidade canhota? Os canhotos são mais propensos a esquizofrenia e dificuldades de aprendizagem? Isto vai depender pra quem você perguntar.

Mas “os canhotos são diferentes?” pode não ser a pergunta certa.

Nos últimos anos, uma série de estudos concluíram que não é a mão dominante que importa – é o grau de dominância.

De acordo com os pesquisadores, muito poucas pessoas são totalmente canhotas ou destras; é mais um espectro. Usamos nossa mão esquerda para algumas coisas e nossa mão direita para outras tarefas.

Esses experimentos descobriram que as pessoas no meio do espectro são pensadores mais flexíveis.

Eles parecem ser mais empáticos e mais capazes de ver as coisas da perspectiva de outras pessoas. Ao considerar os riscos e benefícios de qualquer decisão, pessoas com mãos inconsistentes (como os pesquisadores as chamam) têm maior probabilidade de se concentrar nos riscos, enquanto as pessoas nas extremidades do espectro da lateralidade prestam mais atenção aos benefícios potenciais.

Eles podem até dormir de forma diferente.

Parece que temos direcionado nossos estereótipos um pouco longe demais para a esquerda.

Mas quem sabe? Esta é uma ciência em constante mudança e evolução. Se você é um canhoto que gosta de se sentir superior, não vamos dizer para você se acalmar. Pelo que sabemos, você pode estar certo.

Mais para aproveitar: