Sua primeira memória da infância é uma mentira

Vários estudos nos mostraram que nossas memórias não são totalmente confiáveis. Sua primeira memória da infância é uma mentira: 

@ISOTCK

 

Pode ser difícil distinguir uma lembrança genuína de uma falsa, mas há uma classe de lembranças que você pode presumir que seja toda falsa: qualquer coisa “lembrada” antes dos 2 anos de idade.

De acordo com um novo estudo publicado na Psychological Science, quase 40 por cento das pessoas afirmam se lembrar de eventos antes desta idade, mas seus cérebros estão quase certamente mentindo para elas, relata a Popular Science.

Há uma razão pela qual você não se lembra de nada de quando era bebê: seu cérebro simplesmente não estava programado para registrar informações dessa maneira.

Os bebês usam suas memórias quando começam a andar, falar, comer e aprender em geral, mas tudo se enquadra na categoria de memória não declarativa.

 

Veja também:

12 experimentos científicos simples e geniais para crianças

Continue com: Sua primeira memória da infância é uma mentira

 

A memória declarativa, por outro lado, descreve o que acontece quando você se lembra conscientemente de coisas que aconteceram com você e é específica da região do cérebro do hipocampo.

Nos primeiros anos de vida de uma criança, o hipocampo está em alta velocidade. São neurônios em constante crescimento para abrir espaço para todas as novas informações que o cérebro jovem está absorvendo.

Isso é o que permite que os bebês aprendam muito em um ritmo tão rápido, mas também significa que eles precisam sacrificar sua memória declarativa de longo prazo. À medida que novos neurônios se formam, os antigos são expulsos e as memórias autobiográficas que armazenam com eles.

Só aos 2 anos é que esse crescimento começa a desacelerar e o cérebro se torna capaz de guardar memórias declarativas por um período mais longo. Mas os adultos ainda podem se sentir convencidos de que se lembram de eventos muito anteriores.

Quando os pesquisadores pediram a 6.641 participantes do estudo para descrever suas primeiras memórias e dizer quantos anos eles tinham quando aconteceram, 2.487 pessoas relataram memórias de antes dos 2 anos, com 893 alegando ter memórias de 1 ano ou menos.

Como esses números sugerem, é surpreendentemente fácil presumir que as histórias que você conta a si mesmo ou que foram contadas a você são lembranças precisas e de primeira mão.

Digamos que você se lembre vividamente de deixar cair sua casquinha de sorvete no zoológico quando tinha 1,5 anos: O que provavelmente está acontecendo é que você está se lembrando da imagem que passou em sua cabeça quando seus pais compartilharam suas próprias memórias do evento quando você era um alguns anos mais velho, ou talvez você tenha visto fotos tiradas daquele dia e construiu falsas memórias em torno delas.

A memória não se torna menos complicada quando entramos na idade adulta. Mesmo pessoas com memória autobiográfica altamente superior (uma condição real) são suscetíveis a falsas memórias.