Puns podem espalhar doenças?

Afinal, puns podem espalhar doenças?

@DIY13/ISTOCK

Resposta curta: se você estiver usando calças, está tudo bem.

Em 2001, uma enfermeira fez a mesma pergunta ao autor, educador e comentarista australiano Karl “Dr. Karl” Kruszelnicki. Ela queria saber se estava contaminando a sala de cirurgia em que trabalhava peidando silenciosamente durante os procedimentos.

Para chegar ao fundo da questão, Kruszelnicki contatou o microbiologista de Canberra Luke Tennent. Tennent pediu a um de seus colegas que peidasse diretamente em duas placas de Petri (Uma placa de Petri, ou caixa Petri é um recipiente cilíndrico, achatado, de vidro ou plástico que os profissionais de laboratório utilizam para a cultura de microrganismos) a uma distância de cinco centímetros – primeiro usando calças e, depois, uma segunda vez ao natural.

 

Veja também:

A razão pela qual os médicos usam jaleco branco

Continue com: Puns podem espalhar doenças?

 

Enquanto a primeira placa de Petri permanecia limpa, a segunda gerava bactérias durante a noite, o que parecia sugerir que as roupas atuam como uma barreira entre as bactérias que poderiam ser expelidas por um peido (nem todas estariam contidas no próprio gás). Dr. Karl relatou as descobertas em 2014 na edição satírica de feriado da revista científica BMJ, observando:

“Nossa dedução é que a zona entérica na segunda placa de Petri foi causada pelo próprio flato, e o anel de respingos ao redor disso foi causado pela velocidade do peido, que soprou as bactérias da pele e as espalhou para a placa. Parece, portanto, que flatos podem causar infecção se o emissor estiver nu, mas não se estiver vestido. Mas os resultados do experimento não devem ser considerados alarmantes, porque nenhum dos tipos de bactéria é prejudicial. Na verdade, eles ‘ são semelhantes às bactérias ‘amigáveis’ encontradas no iogurte. “

Embora o experimento de Kruszelnicki e Tennent não mergulhasse muito profundamente em todos os tipos de bactérias que uma pessoa sem calças poderia espalhar, o CDC da China o fez. No início deste ano, um escritório distrital de Pequim para o Centro de Controle e Prevenção de Doenças anunciou que as calças deveriam ser uma barreira eficaz contra peidos que podem carregar o novo coronavírus.

Portanto, para evitar a disseminação de COVID-19, pratique o distanciamento social responsável – e evite soltar pum nu perto de outras pessoas. O que, honestamente, é uma boa regra de etiqueta para a vida em geral.