O que acontece com os mosquitos no inverno?

Para onde eles vão? Nordeste? Os mosquitos podem sobreviver em condições menos úmidas? Afinal o que acontece com os mosquitos no inverno?

Para aqueles de nós que vivem em climas mais frios, há um ponto brilhante na paisagem infernal gelada do inverno. Os mosquitos recuam e vão embora, interrompendo sua sede de sangue e eliminando a necessidade de repelente para picadas.

O que acontece com os mosquitos no inverno?

@ATIANA ADRIANOVA/ISTOCK

Esses insetos incômodos têm duas estratégias para lidar com temperaturas abaixo de 10°C. Os machos morrem. (Embora não seja por causa do frio. Depois de acasalar no outono e viver em média 10 dias, eles atingiram o limite de sua utilidade e morreram antes que a frente fria chegasse.)

 

Veja também:

Por que os humanos têm medo de insetos?

Continue com: O que acontece com os mosquitos no inverno?

As fêmeas entram em diapausa, uma espécie de hibernação em eles encontram um tronco oco ou local no solo para cavar e desacelerar seu metabolismo. Não importa o quão baixo a temperatura caia, eles podem sobreviver nesse estado por até seis meses. Eles também não precisam de água.

Para se preparar para isso, as fêmeas ganham peso – até 10 vezes o peso normal do corpo – e esperam o inverno passar. Quando o tempo esquenta, eles emergem e partem em busca de sangue para nutrir seus ovos. É aí que entram os humanos.

Claro, nunca há garantia de que o inverno proporcionará férias contra os mosquitos, ainda mais no Brasil.

Por exemplo, um bairro em Manhattan há muito sofre com uma infestação de Culex pipiens molestus, que evoluiu para se reproduzir no inverno sem a necessidade de se alimentar. Os mosquitos então se infiltram nas casas, fazendo com que moradores insatisfeitos sejam atacados nos meses frios.