Karate Kid: Daniel Larusso é o REAL vilão – teoria explicada

Uma teoria popular sobre Karate Kid postula que o Daniel Larusso de Ralph Macchio é o verdadeiro vilão do filme – isso poderia ser verdade? Karate Kid: Daniel Larusso é o REAL vilão – teoria explicada: 

Karate Kid: Daniel Larusso é o REAL vilão – teoria explicada

Daniel Larusso é o vilão?

Uma teoria popular sobre Karate Kid postula que Daniel LaRusso (Ralph Macchio) é o verdadeiro vilão do filme, e que Johnny Lawrence (William Zabka) é na verdade o mocinho da história. Karate Kid foi uma história de amadurecimento de 1984 sobre um adolescente que se apaixona, aprende artes marciais e luta contra os valentões.

Em Karate Kid, Ralph Macchio interpreta Daniel, um menino que se muda para Los Angeles com sua mãe e se matricula em uma escola onde faz novos amigos – e novos inimigos.

Ele se apaixona pela popular estudante do ensino médio Ally Mills (Elizabeth Shue) e se torna o alvo de seu ex-namorado ciumento, Johnny, e de sua gangue de valentões. Para se defender, Daniel busca a orientação do faz-tudo local Sr. Miyagi (Pat Morita), que lhe ensina caratê para que ele possa se defender adequadamente.

Mais tarde, Daniel entra em um torneio de caratê com a condição de que, se vencer, Johnny e os outros meninos o deixem em paz. Depois de vários combates contenciosos, Daniel avança para a rodada final e derrota Johnny com a agora icônica técnica de Crane.

 

Veja também:

Cada episódio de HIMYM, William Zabka de Cobra Kai aparece

Continue com: Karate Kid: Daniel Larusso é o REAL vilão – teoria explicada

Karate Kid: Daniel Larusso é o REAL vilão – teoria explicada

Crane kick

Karate Kid: Daniel Larusso é o REAL vilão – teoria explicada:

Um vídeo que circulou na web oferece uma visão diferente do enredo de Karate Kid [via YouTube].

De acordo com a teoria do vídeo, Daniel – e não Johnny – é o agressor responsável pelos acontecimentos que se desenrolam no clássico de 1984. A ideia por trás da teoria é que Daniel instigou o conflito com Johnny, que é descrito como um herói “relutante” e “imperfeito” que simplesmente cometeu um erro quando tentou demais fazer Ali falar com ele durante a cena na praia.

Diz-se que Daniel piorou as coisas ao se envolver, e que Johnny estava apenas se defendendo quando Daniel o atacou. Johnny começou a luta empurrando Daniel, mas Daniel foi o primeiro a desferir um soco.

A teoria continua explicando que os outros eventos que se seguiram foram na verdade culpa de Daniel. Sua brincadeira na festa de Halloween foi supostamente desnecessária, assim como seu ataque a Bobby (Ron Thomas) no campo de futebol. Até mesmo a surra violenta que recebeu das mãos de Johnny e seus amigos era apenas Johnny tentando “conter a fúria de Daniel”.

 

O argumento de que Daniel é o vilão de The Karate Kid é válido?

Johnny foi longe demais quando tirou o rádio de Ali e o quebrou só porque ela não queria nada com ele. Tudo que Daniel fez foi tentar devolvê-lo. Além disso, a retaliação de Daniel contra o empurrão de Johnny dificilmente justifica o tratamento que ele recebe de Johnny.

O vídeo deixa de fora alguns detalhes que são necessários para pintar um quadro preciso da história de Daniel e Johnny, um dos quais sendo o fato de que Daniel e o Sr. Miyagi tiveram que ir para a escola Cobra Kai apenas para fazer Johnny parar o assédio contínuo.

O final da série Karate Kid e Cobra Kai ajuda a fazer de Johnny um personagem simpático, mas na maior parte do primeiro filme Johnny é de fato um antagonista.

Se há um personagem no filme que não seja Johnny para o qual há o suficiente para chamar o verdadeiro vilão de Karate Kid, provavelmente seria Kreese (Martin Kove), o professor de Johnny e a pessoa que encorajou (e até exigiu) o comportamento violento de seus alunos.