Como impedir que as redes sociais controlem a sua vida

Há uma diferença drástica entre postar porque você quer e buscar aprovação. Como impedir que as redes sociais controlem a sua vida:

Como impedir que as redes sociais controlem a sua vida

@dole777/Unsplash

Faça o que te deixa feliz, sem a necessidade de compartilhar.

Você deve ser capaz de fazer as coisas que ama sem a necessidade de compartilhar com todos.

A maioria das pessoas tem os mesmos desejos e aspirações de uma vida perfeita. Postar com frequência as coisas boas nos fazem sentir como se tivéssemos vencido na vida, e isso pode ser apenas o começo.

Se você adora cozinhar, poste alguns pratos que você fez recentemente. Se você é um pintor, publique todas as suas obras online, se quiser. No momento em que você começa a compartilhar nas redes sociais para obter atenção e aprovação, é aí que as coisas podem se tornar perigosas.

 

Veja também:

O maior problema com a cultura do influenciador digital

Continue com: Como impedir que as redes sociais controlem a sua vida

 

Nem todo mundo está interessado em você

Eu sei que este parece duro, mas é a verdade.

Nem todo mundo se importa se você saiu de férias para a Disneylândia ou comprou um carro novo, e não há nada de errado com isso.

Há alguma mensagem em suas postagens no Facebook ou Instagram que dê a eles um motivo para se importar? Em alguns casos, as pessoas publicam nas redes sociais para flexibilizar a todos ou mantê-los atualizados sobre suas vidas.

Esteja ciente de sua intenção com as coisas que você compartilha nas redes sociais. Tente entender o que você quer com isso e, a partir daí, continue.

Pessoas que realmente se importam com você irão falar contigo independentemente de sua mídia social

Todos nós conhecemos pessoas que consideramos amigos falsos ou desleais e até mesmo familiares.

Conhecemos algumas pessoas que nos seguem nas redes sociais e só nos procuram para obter descontos ou favores. Esses favores especiais seriam APENAS para favorecer a eles mesmos.

Sem as postagens que compartilhamos nas redes sociais, eles não teriam me dado atenção, e essa é a triste verdade. Algumas pessoas querem usar você para seus recursos e não estão genuinamente lá para você.

Se você tem pessoas do passado que entram em contato com você independentemente de suas atualizações nas redes sociais, então você sabe que são reais.

 

Veja também:

Nomofobia: uso excessivo de celular pode levar à ansiedade e até depressão

Continue com: Como impedir que as redes sociais controlem a sua vida

 

Não sinta que precisa impressionar ninguém

Tentar constantemente impressionar as pessoas costuma ser um péssimo hábito.

Postar pelos likes, pelos comentários e pela atenção, não é saudável. Devemos postar algo online e não nos importar se conseguirmos um ou 100 likes.

Não importa quanto engajamento você consiga online. Sua presença nas redes sociais não o define. Você define você.

Se você vive sua vida buscando a aprovação de outras pessoas, nunca será feliz. E, é difícil sair do ciclo.

Pensamentos finais

Reserve um tempo para revisar suas contas de mídia social.

Dê uma olhada longa e cuidadosa nas coisas que você posta e na sua intenção por trás delas. Se você não postou o que fez porque te deixava feliz, provavelmente há um vazio em algum outro lugar em sua vida.

Faça o que te deixa feliz sem a necessidade de compartilhar. Lembre-se de que nem todo mundo está interessado em você, e tudo bem. Pessoas que realmente se preocupam com você vão entrar em contato independentemente de sua mídia social, e não sentem que você precisa impressionar ninguém.

Depois de encontrar o vazio e sua intenção, você será libertado das amarras da mídia social. Você será o responsável.