15 incríveis hábitos de sono dos animais

Os animais não têm máscaras de dormir ou sons calmantes pré-gravados para ajudá-los a dormir, então eles têm que se contentar com o que a natureza e seus corpos permitem. Consequentemente, muitos encontraram maneiras incríveis de obter o descanso tão necessário. 15 incríveis hábitos de sono dos animais:

GOLFINHOS

15 incríveis hábitos de sono dos animais

@ISTOCK

Os golfinhos são criaturas incríveis e, embora sejam geralmente conhecidos por sua adorabilidade, inteligência e/ou agressão sexual perturbadora, vale a pena mencionar também seus hábitos de sono.

Eles podem entrar em períodos de sono muito profundo, conhecidos como “extração de madeira” porque, enquanto estão nele, um golfinho parece um tronco flutuando na superfície da água.

Mais louco ainda, o golfinho-nariz-de-garrafa se prepara para dormir literalmente desligando metade de seu cérebro, bem como o olho oposto ao hemisfério desligado.

A outra metade do cérebro (e o olho oposto) permanece ligada para observar o que quer que apareça, sejam outros golfinhos ou predadores.

Também diz ao golfinho quando subir para respirar. Depois de mais ou menos duas horas, os lados mudam, de modo que os olhos e os hemisférios cerebrais têm o descanso devido.

Esse processo não é exclusivo dos golfinhos, como morcegos frugívoros, botos, iguanas, focas, pássaros e patos.

 

Veja também:

A espera para nascer: 10 períodos de gestação ​​no reino animal

Continue com: 15 incríveis hábitos de sono dos animais

 

BALEIAS CHACALOTE

15 incríveis hábitos de sono dos animais

@ISTOCK

Em 2008, os pesquisadores encontraram um grupo de cachalotes adormecidos boiando verticalmente na água na costa norte do Chile. A visão por si só era incrível, mas então as coisas ficaram estranhas.

Essas baleias, que se pensava que só permitiam que um lado do cérebro descansasse por vez, como os golfinhos e algumas outras baleias, não pareciam notar a aproximação do navio. Só depois que um dos cetáceos foi acidentalmente cutucado é que o grupo acordou e fugiu.

Por meio dessa descoberta, os pesquisadores aprenderam que os cachalotes dormem de forma diferente de seus parentes – em períodos curtos e regulares de sono pleno perto da superfície. Eles não respiram ou se movem durante seus cochilos, e se este é o único tipo de sono que eles conseguem (não está claro se eles também dormem pela metade do cérebro), a quantidade relativamente curta de sono cumulativo pode fazer com que eles durmam menos.

GIRAFAS

@ISTOCK

As girafas não descansam muito mais do que os cachalotes. Eles dormem cerca de 20 minutos por dia para evitar predadores. Por ser um animal tão alto e esguio também torna difícil pegar alguns zs zs zs rápidos, mas quando eles se enrolam para descansar um pouco, é muito adorável.

LONTRAS DO MAR

15 incríveis hábitos de sono dos animais

@ISTOCK

Predadores não são o único problema para navegar durante o sono. Como as lontras sabem, também existe a possibilidade de cair no sono (trocadilho intencional).

Quando as lontras marinhas dormem, elas o fazem deitadas de costas na superfície da água e em grupos ou em florestas de algas, às vezes de mãos dadas para não flutuarem separadas.

 

Veja também:

6 fatos surpreendentes sobre quokkas – o animal mais feliz do mundo

Continue com: 15 incríveis hábitos de sono dos animais

 

ALBATROSSES

@ISTOCK

O albatroz é uma ave marinha que passa grande parte de sua vida voando para caçar. Seu estilo de vida não deixa muito tempo para cochilos, então acredita-se que o albatroz realiza várias tarefas, até mesmo dormir enquanto voa.

Acredita-se que andorinhões alpinos também façam isso, assim como os pássaros tordos migratórios, que fazem centenas de pequenos cochilos com duração de apenas alguns segundos cada.

PATOS

15 incríveis hábitos de sono dos animais

@ISTOCK

Nossos amigos emplumados fazem mais do que dormir com um olho aberto. Eles dormem em um grupo. Os patos fazem fila na hora de pegar no sono, e os que estão no final da fila mantêm o olho longe do grupo aberto para vigiar os predadores e fecham o outro olho. Os patos dentro fecham ambos os olhos. O sono de um único hemisfério nos patos mantém toda o grupo seguro.

SURICATOS

@ISTOCK

Os suricatos passam as noites em tocas, que consistem em sistemas complexos de túneis e dormitórios subterrâneos. As comunidades de suricatos são chamadas de gangues e podem consistir em até 40 animais com um macho e uma fêmea alfa em cada comunidade.

Eles dormem em montes, se aquecendo uns dos outros e protegendo os líderes de gangue no fundo da pilha. Filhotes, esquilos, morcegos e uma série de outras criaturas também são conhecidos por se amontoar para se aquecer durante o sono (incluindo o homo sapiens).

 

Veja também:

+25 fotos de pássaros raros e ameaçados de extinção que são impressionantes

Continue com: 15 incríveis hábitos de sono dos animais

 

CAVALOS, ZEBRAS E ELEFANTES

15 incríveis hábitos de sono dos animais

@ISTOCK

Esta é a tripulação dos dormentes em pé, que permanecem alertas durante o descanso, permanecendo em pé. Esses animais são capazes de travar as pernas em uma posição ereta de forma que não exija muito esforço muscular. Isso é chamado de “aparelho de permanência”.

Embora seja um truque legal, cavalos (e vacas também) precisam se deitar de vez em quando, porque não conseguem atingir o sono REM em pé. Os flamingos também dormem em pé, mas o fazem porque não há muitos lugares aconchegantes para dormir em seus habitats habituais.

MORCEGOS MARRONS

@ISTOCK

Do outro lado do espectro do sono dos mamíferos, dos cachalotes e girafas, estão os morcegos marrons, que dormem cerca de 19 horas por dia. As criaturas noturnas dormem de cabeça para baixo o dia todo, uma postura nascida da eficiência, pois é mais fácil para elas e suas asas fracas decolar dessa posição.

Depois dos morcegos, os que dormem mais por dia são tatus, gambás, preguiças, tigres e, a seguir, gatos domésticos. Tenha isso em mente da próxima vez que quiser dizer ao seu felino para conseguir um emprego.

TUBARÕES

15 incríveis hábitos de sono dos animais

@ISTOCK

A maioria dos tubarões precisa se mover constantemente para obter oxigênio através de suas guelras, enquanto outros desenvolveram espiráculos, aberturas atrás do olho que permitem que eles absorvam oxigênio enquanto estão parados.

Mas geralmente pensa-se que seu sono é mais um estado de inatividade do que um completo desligamento. Os cientistas descobriram que a natação do peixe-cachorro espinhoso pode ser coordenada pela medula espinhal e não pelo cérebro, o que indicaria que os tubarões podem ser capazes de desligar seus cérebros e continuar a se mover afinal.

Outros especulam que alguns tubarões brancos podem enfrentar a corrente enquanto estáticos, de modo que a água se move sobre suas guelras sem nenhum esforço do próprio peixe.

MORSAS

@ISTOCK

As morsas também podem dormir e nadar ao mesmo tempo. Eles também são basicamente aqueles seus amigos que podem adormecer em qualquer lugar – podem prender a respiração por até cinco minutos e tirar uma soneca embaixo d’água ou dormir profundamente em terra por até 19 horas.

Eles merecem um sono profundo – sabe-se que as morsas nadam continuamente por até 84 horas. Para dormir na água, as morsas podem inflar espaços em seus corpos chamados bolsas faríngeas, que agem como uma espécie de colete salva-vidas biológico para manter os animais gordurosos à tona.

CARACOL DO DESERTO

15 incríveis hábitos de sono dos animais

@ISTOCK

Não parece que um caracol teria uma vida muito cansativa, mas essas criaturinhas pegajosas podem continuar dormindo literalmente por anos. Um incidente particularmente famoso envolveu um caracol do deserto egípcio que foi dado como morto por um funcionário do Museu Britânico que afixou o caracol em uma carteira de identidade.

Quatro anos depois, traços de gosma foram descobertos no cartão e, quando o pessoal removeu a concha do cartão, o animal saiu engatinhando.

RÃS

@ISTOCK

As rãs sobrevivem ao inverno hibernando como seus amigos maiores e mais peludos, mas seus feitos são indiscutivelmente muito mais incríveis.

As rãs são equipadas com uma espécie de anticongelante animal, o que significa que, embora possam se formar cristais de gelo nas cavidades do corpo e sob a pele, altas concentrações de glicose em seus órgãos vitais evitam que essas partes essenciais congelem.

Uma rã parcialmente congelada para de respirar e seu coração para de bater, mas quando chega o degelo da primavera e a temperatura começa a subir, seu corpo retoma suas funções e volta à vida.

 

Veja também:

Cientistas se surpreenderam ao descobrir duas girafas anãs na Namíbia e Uganda

Continue com: 15 incríveis hábitos de sono dos animais

 

URSOS

@ISTOCK

Os hábitos de sono dos ursos geralmente não são nada notáveis, exceto na hora de dar à luz. Nos meses de inverno, quando as mães grávidas estão profundamente hibernadas, seus batimentos cardíacos diminuem e elas param de comer, beber, urinar, defecar ou se exercitar.

Mas mamãe ursa se excita o suficiente para fazer uma coisinha chamada dar à luz. Os filhotes então amamentam sua mãe adormecida pelos próximos meses até que ela acorde e os leve para o mundo.

MACACOS

15 incríveis hábitos de sono dos animais

@ISTOCK

Os cientistas estão estudando macacos para aprender coisas sobre a forma como os humanos dormem e como isso pode ter nos ajudado a evoluir. Eles descobriram que animais como orangotango, gorila e chimpanzé gostam de se enrolar para dormir como os humanos.

Eles também fazem camas ou encontram plataformas para um sono livre de predadores, o que consequentemente os ajuda a dormir melhor do que seus semelhantes, como o babuíno que dorme em pé. Essa chance de um sono mais longo e repousante pode ter sido um fator em nosso próprio processo evolutivo, ajudando-nos a ficar mais inteligentes a cada 40 piscadelas.